Carille não faz mistério e define equipe titular do Corinthians para o clássico contra o Palmeiras

Pedrinho foi titular no Corinthians na vitória de 3 a 1 sobre o Vitória, desta quinta-feira (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O Corinthians está definido para o duelo com o Palmeiras, neste domingo, às 16h, pela quinta rodada do Brasileirão, na Arena Corinthians. O Timão iniciará o Dérbi com a seguinte formação: Cássio; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Romero, Rodriguinho, Jadson e Pedrinho.

Será a mesma equipe que iniciou o duelo com o Vitória na última quinta-feira, pela Copa do Brasil. O esquema tático também é o mesmo, sem centroavante, no tradicional 4-2-4. Essa possibilidade de repetição da formação já havia sido antecipada por Carille na coletiva de sexta-feira.

Ao citar a chance de os mesmos 11 iniciarem no Dérbi, o treinador ponderou que a questão física definiria a situação. Se os 11 que iniciaram diante dos baianos estivessem bem, inclusive com aval dos exames, não haveria necessidade de mudança. E será isso que acontecerá neste domingo.

Com isso, Pedrinho fará seu terceiro jogo consecutivo como titular da equipe. De acordo com o camisa 38, em entrevista após o duelo com o Vitória, sua condição física era a melhor possível e, se Carille optasse pela continuidade, ele estaria apto a jogar.

Assim que Carille conversou com os 11 titulares, nove deles foram para a parte interna do CT. Pedrinho seguiu o trabalho com os demais reservas, enquanto Cássio voltou à atividade dos goleiros.

Nos minutos finais, o camisa 38 levou uma pancada no tornozelo esquerdo e saiu do treino. Após tirar a chuteira, ficou sentado por um tempo e, sem apresentar dor nem mancar, foi embora para a parte interna do CT.

Os sete desfalques do Corinthians seguem sob cuidados de médicos e fisiologistas: Fagner, Léo Santos, Vilson, Renê Júnior, Ralf, Clayson e Danilo

Fonte: Meu Timão

Leia também:
Corinthians tenta contratação de Renato Neto; volante foi à Arena em jogo contra Millonarios
Osmar Loss lamenta derrota na Libertadores, mas exalta volume ofensivo do Corinthians
Corinthians sufoca Millonarios, não é eficaz e perde na estreia de Loss
Andrés banca Osmar Loss como novo treinador do Corinthians; comissão será reavaliada na Copa