Timão segue com buscas: Meia, volantes, zagueiros e atacantes

alessandro-corinthians

Wagner, Jadson, Nenê, Rithely, Alison, Diego Polenta, William Pottker… Em meio a várias especulações e negociações, Timão busca reforços para quatro funções

Apesar da sensação de que o Corinthians está parado no mercado de transferências, com dois atacantes anunciados (Jô e Luidy, ex-CRB) e um encaminhado (Colin Kazim, ex-Coritiba), o time deverá agitar o mercado em janeiro com novas contratações. Responsável pela busca, o gerente de futebol Alexandre Nunes quer um meia, dois volantes, dois zagueiros e mais um atacante.

Confira como estão as buscas por posição:

MEIAS

Wagner, primeira opção buscada para a criação, ainda não conseguiu a liberação do Tianjin Teda, da China, o que paralisou o negócio.

Sem ele, o Timão olha o mercado. Jadson, do Tianjin Quanjian, é o grande sonho. Segundo o empresário Marcelo Robalinho, porém, nada indica que o jogador que conquistou o hexa pelo Corinthians em 2015 retorne ao Brasil. Ele tem mais um ano de contrato da China e salário na casa dos milhões.

Jadson do Tianjin

Jadson, do Tianjin Quanjian, é o grande sonho do Timão para a meia (Foto: Danilo Sardinha/GloboEsporte.com)

Nenê, do Vasco, tem sido especulado. Recentemente, ele disse que gostaria de passar a jogar em São Paulo para ficar perto dos filhos. Ainda não há negociações.

VOLANTES

Com números defensivos ruins em 2016, a comissão técnica do Corinthians vê necessidade na contratação de um primeiro volante. Hoje, os três jogadores da posição são incógnitas. Aos 33 anos, Cristian tem mais um ano de contrato, mas não agrada. Warian, alçado da base aos 20 anos, e Jean, de 22, contratado do Paraná em setembro, ainda não foram testados.

Rithely Sport

Corinthians chegou a um acordo com Rithely, mas o Sport pediu caro (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)

Sem acordo com o Sport para conseguir a liberação de Rithely, com quem o Timão chegou a acertar salários, o clube busca outros nomes. Há sondagens por jogadores brasileiros que atuam no exterior, mas a diretoria também não descarta fazer apostas em jogadores pouco conhecidos, mas experientes, que vêm atuando nas Série A ou B. A tendência é que dois marcadores sejam contratados. O Santos, que quer Marquinhos Gabriel, deve oferecer Alison. O nome agrada.

ZAGUEIROS

Até pelo risco de perder Balbuena para o mercado sul-americano, o Corinthians sabe que tem urgência na contratação de zagueiros e busca dois novos nomes. Sem dinheiro em caixa, o clube conversa com brasileiros que atuam na Europa e que possam ser emprestados por um ano.

Nesta semana, o jornal uruguaio “Ovación” colocou Diego Polenta, do Nacional, na mira do Timão. O jogador de 24 anos, porém, exigiria um investimento que o clube não deseja fazer.

Jornais Uruguaio

Jornais uruguaio colocaram Polenta na mira do Timão: clube não quer investir (Foto: Maurizio Lagana/Getty Images)

ATACANTE

Apesar de já ter feito investimento em três atacantes (Jô, Kazim e Luidy), o clube busca mais um jogador para a posição. William Pottker, da Ponte Preta, é o grande alvo. O problema é o preço: a Macaca exige o pagamento da multa de R$ 10 milhões para liberá-lo. O Timão conta com a boa relação com o empresário Fernando Garcia, que agencia o atleta e quer vê-lo no Corinthians.

pottker-ponte-preta

Ponte Preta não quer liberar Pottker. Clube pede R$ 10 milhões para liberá-lo (Foto: Fabio Leoni/ PontePress)

Fonte: Ge.com

Leia também:
Fluminense finaliza ‘burocracia’, e Corinthians se aproxima de anúncio de Sornoza
Agente e advogado de Boselli são aguardados pela diretoria do Corinthians nesta quinta-feira
Corinthians e Santos finalizam detalhes para a realização de amistoso na Arena; data está definida
Quebra-cabeça: Corinthians inicia 2019 com 31 jogadores no elenco; oito são atacantes