Jair Ventura admite que Corinthians ‘não jogou tão bem’, mas ressalta importância de vitória sobre Vasco

Jair Ventura valorizou a conquista dos três pontos do Corinthians no Brasileirão (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)

Jair Ventura pode não ter ficado plenamente satisfeito com o desempenho do Corinthians na vitória de 1 a 0 sobre o Vasco, deste sábado, mas o resultado compensou. O treinador admitiu que a equipe não fez um chance jogo na Arena, em Itaquera, principalmente no segundo tempo. Porém, a conquista dos importantes três pontos dá o alívio necessário para a festa. A partida foi válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Fico feliz que a nossa equipe conseguiu essa vitória, importante, nós estávamos precisando. Você, quando perde, é difícil falar que não vem jogando tão mal… E, de repente, a gente até não jogou tão bem neste jogo como jogou em outros – e não vencemos. Hoje vale a importância de ter conseguido os três pontos. E também vale parabenizar a torcida que, mais uma vez, foi fundamento para nos empurrar, jogar com a gente. Jogando com o apoio dela, nós somos muitos fortes”, apontou o treinador.

O placar mínimo sobre os cariocas colocou o Corinthians na 13ª posição do Brasileiro, com 43 pontos somados. São seis pontos a mais que o primeiro time na zona de rebaixamento, o dobro do início da rodada. Jair Ventura, contudo, recuou conformismo sobre o quadro e garantiu que as ambições do Timão no torneio não param em fugir da degola.

“Aproveito para falar que a gente não vai abrir mão do campeonato, vai com seriedade nos próximos jogos. Somos profissionais e temos que levar todos os jogos como se fossem finais. Temos que levar a sério até 2 de dezembro”, completou Jair, já projetando próximos três jogos que enfrenta no Campeonato Brasileiro.

Depois de impor grande intensidade dos minutos inicio de jogo, o Timão encontrou o gol só no segundo tempo, com Mateus Vital. A vitória parcial na etapa complementar aumentou a pressão dos cariocas para o gol de Cássio. O Vasco, inclusive, chegou a mandar uma bola na trave nos acréscimos do jogo – que tirou o fôlego dos torcedores presentes na Arena Corinthians.

Ainda sobre o desempenho corinthiano, Jair foi categórico. “Acho mais mérito do Vasco. Quando a equipe adversária cresce parece que o treinador mandou recuar. […] Em nenhum momento foi pedido para recuar. Mesmo assim, tivemos algumas chances de matar o jogo. Vejo mais com mérito do Vasco, que veio para cima do resultado, do que eu ter pedido para os meus jogadores irem para trás. Não foi isso que aconteceu não”, afirmou.

“Eu vejo que o Vasco jogou bem, e não o Corinthians jogou mal. Quando a gente ganhou do São Paulo, falaram que o São Paulo jogou mal. Mas foi o Corinthians que jogou bem. Nós, como profissionais, temo que saber perder e entender que adversário cresceu na partida. O Vasco fez um bom segundo tempo, principalmente no final do jogo. Não é demérito do Corinthians e sim mérito do Vasco, mas quem saiu com a vitória foi o Corinthians”, acrescentou o treinador.

Em tempo: o Corinthians de Jair Ventura volta a campo já na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), diante do Atlético-PR. A partida é válida pela 36ª rodada do Brasileirão.

Fonte: Meu Timão

Leia também:
Corinthians anuncia contratação de Ramiro
Corinthians tem interesse em revelação do Bahia e pode fazer operação com europeu por acerto
Corinthians tem interesse em Uendel, do Internacional
Diretor do Fluminense confirma ‘sim’ de M. Gabriel e Corinthians se aproxima de acerto por Sornoza