Portugueses desistem de empréstimo e adiam saída de Léo Príncipe do Corinthians

Léo Príncipe esteve perto de acertar com Vitória de Setúbal, de Portugal (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Antes dada como certa, a transferência de Léo Príncipe para o Vitória de Setúbal, de Portugal, não será concretizada. Nesta terça-feira, o clube português informou ao Corinthians, dono dos direitos econômicos e federativos do atleta, que não pretende mais contar com os serviços do lateral-direito brasileiro na próxima temporada.

A informação foi confirmada à reportagem do Meu Timão pelo próprio presidente do Corinthians, Andrés Sanchez. O dirigente negou que a decisão tomada pelos portugueses tenha relação com eventual exigência feita pelo Vitória de Setúbal ao Timão – divergência sobre o período do contrato, por exemplo.

Léo, de 21 anos de idade, assinaria com o Vitória até julho de 2019, enquanto seu vínculo com o Corinthians expira em dezembro do mesmo ano. Ele sequer vinha jogando com Fábio Carille e ganhou sobrevida no clube após a efetivação de Osmar Loss, com quem trabalhou nas categorias de base.

Antes do período de recesso devido à disputa da Copa do Mundo, Léo Príncipe, em contato com a reportagem, já comemorava a oportunidade de não só poder atuar no futebol europeu mas também ganhar sequência como atleta profissional.

Atualmente, é considerado terceira opção para a lateral direita corinthiana, atrás do titular Fagner e do versátil Guilherme Mantuan, que é volante de origem e tem sido utilizado no setor desde que foi promovido ao plantel principal.

Fonte: Meu Timão

Leia também:
Sem esquecer Balbuena, Andrés admite conversas em andamento por renovação de Romero
Déficit do Corinthians aumenta em 2018 e ultrapassa R$ 21 milhões; dívida total é de R$ 504 mi
Corinthians conhece seu grupo no Campeonato Paulista de 2019; mata-mata terá VAR
Corinthians tem parte da premiação na Copa do Brasil bloqueada por dívida; clube rebate