Diretor do Corinthians faz pouco caso de proposta por Rodriguinho: ‘Não está à venda’

Rodriguinho foi destaque do Corinthians em 2016, com dez gols em 49 jogos

O Corinthians vive uma situação delicada em seus bastidores no que diz respeito ao meia Rodriguinho

O jogador de 29 anos, destaque da equipe no ano passado e recém-convocado por Tite para a Seleção Brasileira, pode até estar na mira do futebol europeu. No que depender da diretoria alvinegra, contudo, não será tão fácil para clubes estrangeiros tirá-lo do Timão.

Em contato com a reportagem do portal Uol, o diretor de futebol corinthiano Flávio Adauto afirmou que Rodriguinho “não está à venda”. Poucas horas antes, o Corinthians recusou proposta do Fenerbahçe, da Turquia, pelo meia.

Fato é que, independentemente do que fala publicamente, a diretoria do Corinthians vive expectativa de receber uma nova proposta dos turcos. Como a janela de contratações do país europeu fica aberta até quarta-feira, a saída de Rodriguinho ainda não está de fato descartada no Timão.

Pressão

Conforme apurado pelo Meu Timão, a primeira oferta recusada pelo Corinthians foi de 4 milhões de euros (algo em torno de R$ 14 milhões). E isso teria incomodado os empresários de Rodriguinho, que agora pressionam a diretoria de duas formas: querem uma renovação contratual com altas cifras e também cogitam não aceitar a extensão do vínculo – neste último caso, o meia estaria livre para assinar pré-contrato de graça com qualquer time e deixar o Timão a partir de 1º de janeiro de 2018.

Fonte: Meu Timao

Leia também:
Fluminense finaliza ‘burocracia’, e Corinthians se aproxima de anúncio de Sornoza
Agente e advogado de Boselli são aguardados pela diretoria do Corinthians nesta quinta-feira
Corinthians e Santos finalizam detalhes para a realização de amistoso na Arena; data está definida
Quebra-cabeça: Corinthians inicia 2019 com 31 jogadores no elenco; oito são atacantes