Loss justifica escolha por Marquinhos Gabriel e ausência de Mateus Vital em time que enfrenta o Bahia

Mateus Vital deve iniciar o duelo entre Corinthians e Bahia no banco (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)

O Corinthians deve enfrentar o Bahia, nesta quarta-feira, com uma mudança em sua escalação titular. No último treino antes do duelo, válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Osmar Loss optou pela entrada do meia Marquinhos Gabriel no lugar de Mateus Vital. A alteração foi justificada pelo treinador após a atividade.

“Na nossa avaliação o Vital já está habituado. Nos jogos em que jogamos com Pedrinho e Vital faltou profundidade, eles gostam de cair pelo centro, isso nos limita. Por ele ser canhoto e jogar na esquerda, esperamos que ele ofereça profundidade”, avaliou Loss.

Com Mateus Vital no banco, Marquinhos Gabriel deve ganhar uma chance entre os titulares após 23 dias. O camisa 31, utilizado como opção no banco dos últimos seis jogos do Corinthians, integrou a equipe principal pela última vez no empate de 1 a 1 contra o Ceará, conquistado no último dia 20 de maio.

A partida contra o Bahia marca a despedida temporária do Corinthians do Campeonato Brasileiro, antecedendo a parada para a disputa da Copa do Mundo na Rússia – que segue até o dia 16 de julho. Após o duelo em Salvador, o grupo contará com dez dias de folga e volta ao se apresentar no CT Joaquim Grava no dia 25.

Para Loss, a pausa no calendário vem em boa hora. O treinador tem lidado com oito desfalques entre os 11 jogadores considerados titulares no Timão. O goleiro Cássio e o lateral Fagner, ao lado do zagueiro Balbuena e o atacante Romero, trabalham em suas respectivas seleções, enquanto os volantes Ralf e Renê Júnior, o meia Jadson e o meia-atacante Clayson se recuperam de lesões.

Ainda que lamente os desfalques, Loss minimizou o peso dos desfalques nos últimos resultados do Timão. A equipe não vence desde o último dia 31, quando bateu o América-MG em Itaquera.

“Efetivamente é difícil a gente mensurar (o peso dos desfalques), mas acho que o treinador tem responsabilidade. O que pode mudar e não ser 100%, é que tem coisas que superam minhas condições. Não posso pedir volta de jogador de seleção, antecipar volta… Mas sou responsável pela equipe que entrou em campo na quarta-feira, no sábado e, assim, sucessivamente”, encerrou.

Corinthians e Bahia se enfrentam às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Fonte: Meu Timão

Leia também:
Corinthians tem parte da premiação na Copa do Brasil bloqueada por dívida; clube rebate
Com cabeça no Corinthians, Pedrinho pede tranquilidade para seu empresário
Treinador do Corinthians explica Sheik e Pedrinho titulares em Salvador; time deve mudar no sábado
Jadson reconhece situação desconfortável do Corinthians no Brasileiro e lamenta ‘gols dados’