Rodriguinho admite fase ruim do Corinthians, e fala sobre clássico: ‘Para voltar a ter confiança’

Rodriguinho não vem de bons jogos com a camisa alvinegra (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Criticado por parte da torcida após atuações abaixo do esperado nas últimas partidas, o meia Rodriguinho falou sobre seu desempenho recente no Corinthians. Provável titular no clássico contra o Santos, nesta quarta-feira, o camisa 26 admitiu que a fase não é boa, mas afirmou que os principais objetivos do primeiro semestre foram alcançados.

Não está boa pelo fato dos quatro últimos resultados, uma vitória e três derrotas. Mas estamos atingindo nossos objetivos: primeiro, nos classificamos na Copa do Brasil. Segundo, nos classificamos na Libertadores. Agora, tivemos esse problema no Campeonato Brasileiro, porém ainda temos dois jogos em casa, que vamos tentar vencê-los”, afirmou o meia, em conversa com o portal Uol.

Para voltar à boa fase e encostar nos primeiros colocados do Brasileirão, Rodriguinho lembrou do lema que conduziu o alvinegro do Parque São Jorge ao título brasileiro no anos passado: jogo a jogo.

Clássico contra o Santos é um jogo muito difícil, temos que pensar jogo a jogo, como foi em 2017. Temos que ganhar esse primeiro jogo, para voltarmos às primeiras colocações, e depois, no outro jogo em casa, tentar ganhar também para, até a parada da Copa, terminar lá em cima, que é mais um objetivo“, analisou.

Por fim, o corinthiano, que não marca desde o Dérbi contra o Palmeiras, no último dia 13, afirmou que não há nada melhor do que um clássico para ter uma boa atuação e recuperar a confiança.

“Com certeza, clássico é sempre bom de se jogar, repercussão muito grande. E é bom para gente voltar a ter confiança, trazer o torcedor mais ainda para o nosso lado, para que a gente possa trilhar essa primeira parte do campeonato muito bem, terminar nas primeiras colocações porque o ano ainda é longo, tem grandes decisões e grandes campeonatos”, completou.

Fonte: Meu Timão

Leia também:
Fagner joga, defesa passa ilesa, e Brasil vence Costa Rica pela Copa do Mundo
Léo Jabá se torna transferência mais cara de clube grego; Corinthians deve lucrar
Corinthians volta a ter interesse no centroavante Jonathas
Fagner ganha chance e será titular da Seleção Brasileira contra a Costa Rica