Torcedores do Corinthians cobram Roberto de Andrade em reunião no Parque São Jorge

Roberto e membros da diretoria deram explicações sobre momento do clube a torcida

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, foi cobrado por torcedores do clube ligados à uniformizada Camisa 12 no início da noite desta terça-feira

Ao lado do vice André Luiz de Oliveira, o André Negão, e do diretor da base, Fausto Bittar Filho, o mandatário teve de dar explicações ao grupo dentro de sua sala no Parque São Jorge, sede social do clube.

Algumas das exigências da organizada foram colocadas em carta aberta. De acordo com o documento, que tem como alvos Andrade e conselheiros do Corinthians, a Camisa 12 reivindica “esclarecimentos imediatos sobre as questões financeiras que envolvem a construção da ‘nossa’ Arena”.

Os torcedores cobram ainda explicações acerca de “contratos de patrocínios e em especial a venda, saída e troca de jogadores”. “Queremos entender os critérios para tais negociações e esclarecimentos financeiros sobre o nosso Departamento de Futebol Profissional”, pontua.

O departamento de formação de atletas, que ganhou o noticiário em 2016 em razão de escândalos de corrupção, também está na pauta da torcida. “Aos diretores da Base, exigimos um posicionamento imediato sobre ao atual elenco das categorias de base. Quais jogadores são do clube? Quais jogadores pertencem a empresários?”, questiona.

Torcida cobrou Andrade em reunião no PSJ

Torcida cobrou Andrade em reunião no PSJ (Foto: Reprodução/Facebook)

Pouco tempo após o início do encontro, uma subsede da Camisa 12 publicou no Facebook uma foto na qual é possível notar ao menos 15 membros em pé, enquanto Roberto, André e Fausto permanecem sentados. “Protesto nesse exato momento no parque são Jorge, trocando umas ideia com o senhor presidente uma conversa até o momento pacífica (sic)”, escreveu a uniformizada.

Em tempo: Andrade é contestado não só pelos torcedores do Corinthians mas por oposicionistas e até antigos aliados políticos. O cartola, inclusive, é réu no processo de impeachment protocolado por membros do Conselho Deliberativo da agremiação no ano passado.

Fonte: Meu Timao

Leia também:
Fluminense finaliza ‘burocracia’, e Corinthians se aproxima de anúncio de Sornoza
Agente e advogado de Boselli são aguardados pela diretoria do Corinthians nesta quinta-feira
Corinthians e Santos finalizam detalhes para a realização de amistoso na Arena; data está definida
Quebra-cabeça: Corinthians inicia 2019 com 31 jogadores no elenco; oito são atacantes