Atlético-MG negocia pagamento por Marlone; Corinthians quer mantê-lo

Marlone Corinthians

Após ter proposta de R$ 10 milhões recusada pelo Timão, diretoria do Atlético-MG flexibiliza oferta para conseguir a contratação do meia-atacante de 24 anos

Apesar do Corinthians ter recusado a primeira proposta que o Atlético-MG fez por Marlone, no valor de 3 milhões de euros (R$ 10,2 milhões) pela compra de 100% dos direitos econômicos do atleta, o estafe do jogador de 24 anos ainda acredita que o negócio poderá se concretizar.

Nesta terça-feira, a diretoria do Atlético-MG se reuniu com empresários do atleta em Belo Horizonte para tratar da oferta ao Timão. A forma de pagamento está sendo discutida pelas partes, que prevê menos parcelas e “entrada” maior pela contratação de Marlone.

Dono de meia fatia dos direitos econômicos de Marlone, o Timão não gostou nem dos valores e nem da forma de pagamento enviada pelos mineiros. Diretor do Galo, Eduardo Maluf sugeriu que os clubes aproveitassem para abater a dívida de R$ 600 mil que o Timão tem com o clube, referente à compra de Giovanni Augusto. Gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes disse que Marlone faz parte dos planos do técnico Fábio Carille para a equipe em 2017.

– A proposta que recebemos do Atlético-MG foi recusada, tanto pelos valores quanto pela forma de pagamento. Não estamos nem esperando uma nova proposta. Queremos contar com ele – disse Alesssandro.

Com contrato até o final de 2019 e sendo uma das únicas contratações que vingaram no clube paulistano esta temporada, Marlone concorre ao Prêmio Puskás de gol mais bonito do ano, pelo marcado contra o Cobresal, na Libertadores. Em 38 jogos, marcou oito vezes pelo Timão.

Fonte: Ge.com

Leia também:
Fluminense finaliza ‘burocracia’, e Corinthians se aproxima de anúncio de Sornoza
Agente e advogado de Boselli são aguardados pela diretoria do Corinthians nesta quinta-feira
Corinthians e Santos finalizam detalhes para a realização de amistoso na Arena; data está definida
Quebra-cabeça: Corinthians inicia 2019 com 31 jogadores no elenco; oito são atacantes